Dia do Agricultor

Em 28 de julho de 1860, o então imperador D. Pedro II criou a Secretaria de Estado dos Negócios da Agricultura, Comércio e Obras Públicas. Foi somente em 1930, depois de diversas mudanças de nomenclatura, governo e atribuições, que a pasta passou a se chama Ministério da Agricultura.

Para comemorar os 100 anos da criação do ministério, o presidente Juscelino Kubitschek determinou, em 1960, que em 28 de julho passasse a ser comemorado o Dia do Agricultor.

A data celebra a importância dos agricultores para o crescimento econômico do país e para a sociedade. Além da produção de alimentos, as atividades desenvolvidas por esse profissional geram matéria-prima para a fabricação de inúmeros produtos essenciais à comunidade.

Considerada uma das profissões mais antigas da humanidade a agricultura tem mudado o mundo há mais de 10 mil anos – desde o período Neolítico. Com o passar dos séculos, o agricultor desenvolveu técnicas que possibilitou o avanço da agricultura como a conhecemos hoje – em especial, a mecanização no campo – responsável pelo aumento na produtividade e geração de alimentos. Na verdade, este foi um grande passo para o Brasil se tornar o maior produtor mundial de cana-de-açúcar, café, cacau, laranja, soja e feijão.

Além de produzir alimentos, o agricultor é responsável por produzir matéria-prima para inúmeros insumos que você consome no dia a dia.

O papel, a borracha e o lápis só estavam disponíveis porque algum agricultor trabalhou arduamente plantando árvores, como eucalipto e pinus, por exemplo.

O mesmo sentido vale para roupa que usamos, que precisa do algodão, os móveis que precisam da madeira, enfim… todos os produtos de nosso dia a dia têm uma ligação com o agricultor.

Só quem é agricultor sabe que essa profissão vai muito além. Não existe feriado, finais de semanas, “muito cedo” ou “muito tarde”.

A importância do agronegócio para o Brasil é indiscutível: representa 25% do PIB nacional e é responsável pelo saldo positivo da balança comercial (R$ 96 bilhões em 2017).

Em 2019, o agronegócio brasileiro iniciou com perspectivas otimistas, mesmo com um cenário marcado por incertezas.

Segundo a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), o Produto Interno Bruto (PIB) do agronegócio brasileiro deverá crescer 2% em relação a 2018.

A projeção de crescimento é devida, especialmente, à demanda aquecida e às condições favoráveis da produção em geral.

As perspectivas do agronegócio brasileiro 2019 são melhores. A medida de faturamento da atividade agropecuária dentro da porteira (Valor Bruto da Produção – VBP) deve aumentar em 4,3%, segundo a CNA.

Tamanha é a importância de se comemorar o Dia do Agricultor, que a Dispetral vem homenagear esse valioso profissional do meio agrícola. Parabéns a todos os agricultores do país!

WhatsApp chat

Não vá agora

Cadastre-se e nossa equipe irá te apresentar nossas ofertas

Nós entramos em contato com você!

Preencha seus dados e receba o contato de nossos especialistas para fazer o melhor negócio!